Lirismo na rede

‘Poesia Muda’ é título do terceiro livro do jornalista Paulo de Tarso Porrelli. A obra tem formato e-book e distribuição gratuita.

junho 27, 2021
Nenhum comentário
Tanto

Tudo sempre muda tanto

E eu menino-antigo sigo ávido por infinito acalanto

janeiro 25, 2021
Nenhum comentário
Na era do intátil

Quando lá acordarmos, os nossos cérebros flutuarão como borboletas multicores.

janeiro 7, 2021
Nenhum comentário
Por dentro do Globo da Morte

Jamais pensei que o eletrizante Globo da Morte dos encantadores circos da minha infância viesse a me servir, na total contramão, de argumento análogo ao fatídico 2020.

dezembro 16, 2020
Nenhum comentário
Nowhere Man

Ser além fronteiras é saber que mora na alma a eternidade; mãe da liberdade, filha da fé. Pensar assim vem, não é de hoje, acalentando o meu existir neste planeta pandêmico. Onde nasci ainda há gente insistindo naquela conversa mole de: ‘de qual família você é?’ Deselegante maneira essa de ‘acolher’ alguém que chega até você, não é?

dezembro 1, 2020
Nenhum comentário
Duma época de tempos atrás

O saudosismo lusitano com ares melancólicos de fado repousou no ombro da minha alma ítalo-brasileira, naquela fria e azulada manhã de outono lisboeta, numa travessia pelo Rio Tejo.

dezembro 1, 2020
Nenhum comentário
De um trem de imagens

Recatado no recanto das minhas peculiaridades, num daqueles contáveis dias realmente frios na Noiva da Colina (eis o codinome de Piracicaba/SP), pego-me digitando tais pensamentos com força e velocidade mediúnicas.

dezembro 1, 2020
Nenhum comentário
Antropomorfismos ora técnico consumistas

Quiçá conquistemos equanimidade no eterno vaivém da interdependência de nós – criaturas Divinas; pelo bem das relações civilizadas. Conquanto precedentes e fatos tantos nos tornem céticos em relação à conquista desse sonhado estado de espírito, num planeta conturbado e repleto de contradições.

novembro 30, 2020
Nenhum comentário
Bolas de luz

Décadas vivemos doutro lado do oceano posto entre nós e as Terras de Pindorama. E nesse nosso regresso às origens eu não poderia deixar de mostrar ao meu marido vestígios doces da minha infância. Meu eterno companheiro Enzo é o mais velho dos noves filhos de uma das muitas famílias italianas radicadas no Oeste Paulista – gente trabalhadora da Terra Nostra.

novembro 30, 2020
Nenhum comentário
Força

No frenético universo multimídia jornalistas permeiam incessantemente campos muitas vezes do desconhecido. Donde têm de extrair informações inteligíveis aos vários formatos audiovisuais da comunicação contemporânea.

novembro 30, 2020
Nenhum comentário